sexta-feira, 11 de maio de 2007

Reenvio ...

De:
Emilia Margarida Marques
Enviado:
sexta-feira, 11 de Maio de 2007 13:35:50
Assunto:
[Fwd: Goethe-Institut: mês de Maio dedicado à Antropologia]

-------- Original Message --------
Subject: Goethe-Institut: mês de Maio dedicado à Antropologia
Date: Fri, 11 May 2007 12:52:26 +0100
From: "CEAS - Isabel Cardana" Informamos que durante o mês de Maio,
no âmbito do programa
"Delicatessen - Cultura de Cinema digital",

o Goethe Institut em
Lisboa apresenta 3 filmes digitais

dedicados ao tema "Antropologia".
Esta iniciativa conta com o apoio institucional do CEAS. Quem estiver
interessado em assistir gratuitamente a cada uma das sessões deve
informar o secretariado do CEAS com antecedência, por e-mail (o preço de
cada bilhete para o público em geral é de 1,50 euros).
Mais informações:
http://www.goethe.de/ins/pt/lis/prj/del/spl/lis/m07/ptindex.htm
************************************************************************
16.05.2007, 19.00h
Shutka - Cidade dos Roma
de Aleksandar Manic, CZ, SCG 2005, 79 min.
Goethe-Institut Lissabon
Distando apenas 15 minutos de carro de Skopje, a capital da Macedónia, a
povoação Shutka é considerada a capital não oficial dos Roma. uma cidade
que parece ter nascido de um filme de Kusturica – cheia de rituais
estranhos, situações grotescas e figuras burlescas. Por isso mesmo, o
nosso cicerone não é nem mais nem menos do que o Dr. Koljo (Severdzan
Bajram), que muitos conhecem do filme de Kusturica “GATO NEGRO, GATO
BRANCO”. É ele que nos apresenta os seus comerciantes ricos, os
jornaleiros pobres, os caçadores de vampiros e dervixe. A narrativa em
estilo documentário mistura-se aqui com verdadeiros “desempenhos”
teatrais por parte dos habitantes da povoação e surge-nos assim um
retrato muito especial e único de um espantoso pedaço de terra perdido
no mapa e dos seus incríveis habitantes.

23.05.2007, 19.00h
The Swenkas
de Jeppe Ronde, DK 2004, 72 min.
Goethe-Institut Lissabon
Eles são fazendeiros e trabalhadores na actual África do Sul. Mas ao
fim-de-semana, quando a Staturday Night Fever se apodera deles, despem
os macacões sujos e vestem os seus trajos de gala. Com outfits
absolutamente “estilosos” apresentam-se então em Joanesburgo para
competirem numa passagem de modelos masculina. Os SWENKAS, como se
intitulam a si próprios estes artistas da transformação, celebram com
enorme orgulho o seu culto exclusivo. Com os seus fatos de designers
famosos, como Pierre Cardin ou Carducci, chiques camisas e gravatas de
seda, sapatos de verniz impecavelmente limpos e chapéus elegantes, os
SWENKAS posam e evoluem perante um júri que não só avalia o seu
vestuário, como também a sua perfomance na passerelle.

24.05.2007, 19.00h
Pégadas no gelo
de Staffan Julén, SWE, DK 2006, 79 min.
Goethe-Institut Lissabon
Robert E. Peary foi o primeiro explorador a chegar ao Pólo Norte. Em
1897 levou seis esquimós para Nova Iorque, onde foram exibidos aos
"curiosos", enquanto ele próprio vivia uma vida dupla na Gronelândia com
uma outra mulher. O único sobrevivente deste grupo de esquimós foi o
jovem Minik - o que é feito dele? O bisneto de Robert Peary segue as
pistas do passado e narra, ao mesmo tempo, uma história sobre a ambição
por detrás da exploração e da sua discrepância cultural.

+-----------------------------------------------
Centro de Estudos de Antropologia Social (CEAS)
Ed. ISCTE, Av. Forças Armadas
1600-083 Lisboa
PORTUGAL
Tel: +351 21 790 39 17
Fax: +351 21 790 39 40
Url: www.ceas.iscte.pt

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado