terça-feira, 22 de maio de 2007



Neta de ferroviários, cresci a ouvir contar histórias sobre estações, apeadeiros, terras, linhas, máquinas, agulhas, disciplina, rigor, itinerância, progresso.

O orgulho ferroviário !

___________________________________________________________

Há uma certa mística nos comboios ...

Sinto-me confortável e tranquila a viajar de comboio.

E leio ... leio ... leio

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado