quinta-feira, 24 de abril de 2008

E quem fica para cultivar as sementes ? Em que campos ...


Há dias passou na SIC um documentário da CBS, apresentado por Mário Crespo - Programa "60 minutos", que me impressionou. O programa falava de um banco planetário de sementes, recentemente criado, a escassos mil quilómetros do Polo Norte.Cerca de 4,5 milhões de sementes das mais importantes plantas cultiváveis passam a ser guardadas nas profundezas da Terra, nas entranhas geladas da montanha da ilha norueguesa de Spitsbergen, terras da noite, onde paradoxalmente nada germina.Onde não existe uma única árvore ...Bancos de sementes iraquianos e afegãos foram destruídos na guerra. Um tufão destruiu outro nas Filipinas. Por este motivo, o novo Banco Mundial de Sementes tornou-se rapidamente conhecido em todo o mundo. Países ameaçados por revoltas como o Paquistão e o Quênia já enviaram amostras de sementes para Spitsbergen. O Banco Mundial de Sementes armazenará amostras provenientes de mais de 1,4 mil bancos de sementes de todo o mundo.O banco de sementes é protegido por espessas paredes de concreto, porta blindada e sistema de alarme.Uma visão da Arca de Noé.Situado a 130 metros acima do nível do mar. Mesmo que boa parte da calota polar derreta, ele continuará seco. O depósito de concreto está preparado para resistir até mesmo a uma guerra nuclear. E no caso de o sistema de refrigeração falhar, o permafrost garantirá que a temperatura não supere 3,5° Celsius.







__________________ A Terra- Mãe está a morrer ... alguns dos seus filhos, os mais ricos, já perceberam e estão a fazer celeiro. Sabem que têm contribuido para essa agonia e estão a precaver-se.
Em vez de tentar salvar o que resta, de mudar drasticamente a velha ordem, entregam-se "ordeiros" aos Cavaleiros do Apocalipse convictos de que vão ser salvos.
Encenam o fim e vêm ciclicamente ao palco receber os aplausos.
Mas os outros, os mais pobres, ainda nem tiveram tempo para pensar no assunto porque têm andado de cabeça baixa a contar os grãos para não morrer de fome. Este banco de sementes fazia-lhes falta era agora, amanhã já é tarde.

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado