quinta-feira, 14 de junho de 2007

Não tinhas
nome.
Existias
como um eco
do silêncio.
Eras
talvez
uma pergunta
do vento.


Albano Martins

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado