sábado, 16 de junho de 2007

O SALÃO NOBRE DA ESCOLA DE MÚSICA DO CONSERVATÓRIO NACIONAL DE LISBOA

GUILHERMINA SUGGIA tocou pela primeira vez em Lisboa, aqui neste salão, em 25 de Março de 1901 (...), integrando o Quarteto Moreira de Sá. Este salão é umas das maravilhas que temos. Tem provavelmente a melhor acústica de todas as salas de Lisboa, onde se pode fazer música de câmara. Os seus tectos foram pintados por José Malhoa em 1881. (...)
____________________________
Transcrevi, quase na íntegra, o início DESTE dorido alerta para um património português relevante que corre o risco de se perder para sempre ! Associo-me a este clamor, impressionada com o gritante abandono desta belíssima sala de espectáculos em plena capital.
______________________________
Onde estão os mecenas da cultura ? E a responsabilidade social do Estado Português na negociação e viabilização de protocolos para a recuperação deste e outros valiosíssimos patrimónios em risco ?
Se estivessem cotados em bolsa talvez uma OPA lhes valesse ! Assim ... sucumbem ao tempo e ao esquecimento.

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado