quarta-feira, 12 de março de 2008


Fotografia Sérgio Jacques

______________________________________________________________
__________________________________________________________________
___________________________________________
...


Túmulos e túmulos de vítimas de amor, sangue de Inês manchando eternamente a pedra sob as águas, já mineral, já rocha, sangue endurecido dos amantes imolados a uma aparência de não sermos finalmente nós, cântico de todos os mortos por amor clamando sobre as águas, sereias de morte gemendo e cantando o maior silêncio da consciência, Oh vontade da fusão, vontade de morte. Oh medo de sermos apenas, apenas sós, apenas isto, Amor, amor sexto oceano da realidade, amor lava ardente, amor voragem, amor fosso, amor vórtice, amor abutre, amor sapo!



Ana Hatherly__________________________________

Aqui
_______________________________________________________________
___________________________________________________________

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado