sexta-feira, 22 de dezembro de 2006

Como o património somos nós ...

Fotografia realizada, por Maurício Abreu, em Djenné, Mali, em Dezembro de 2006
Assignment in Djenné, Mali, December 2006





Deixo-vos com esta belíssima e inquietante imagem de outros patrimónios, gentes como nós ...

Tributo ao meu amigo Maurício Abreu, autor desta fotografia e de muitas outras inesquecíveis imagens que merecem a (nossa) vossa visita em:


www.mauricioabreu.com

entretanto (re)encaminho votos de

um Feliz Natal e um Óptimo Ano de 2007,
cheio de viagens, trabalho (!?) e vontade de viver e partilhar.


I wish to all my partners and friends, a Merry Christmas and a Happy New Year of 2007,
full of travels, work (!?) and joy of living and share.

6 comentários:

  1. 'Entra até caber...!'

    Vi disto em África, em muitos lugares diferentes.

    Mas
    não será um pouco petulante declarar que se trata de 'gentes como nós'?

    ResponderEliminar
  2. Isabel Victor:
    Tenho acompanhado o seu blogue e tenho que lhe dar os parabéns!Gosto dos temas que aborda e a forma como "humaniza" os seus comunetários. Já faz parte dos meus links!

    Aproveito para lhe desejar um Santo Natal e um ano de 2008 repleto de grande actividade na blogoesfera!

    Saudações museológicas,
    Ana Carvalho

    ResponderEliminar
  3. Os Amigos do Museu de Évora desejam um Bom Natal à autora deste caderno museológico tão interessante!

    http://www.amigosmuseuevora.blog.com

    ResponderEliminar
  4. Boas Festas e que o próximo ano traga tudo de bom para si e para o seu blogue.

    ResponderEliminar
  5. Pirata-Vermelho : tentei (s/ sucesso) ir ao seu blog para lhe agradecer a visita e para lhe dizer, sem petulância, que a sua observação até tem muito sentido ! Realmente ... porquê " Nós " como referencial de gentes ? Bem ... até me apetecia corrigir, mas agora já é tarde ! Fica a inquietação,porque nestas coisas do pensamento o " desassossego " nunca é demais ! Fui assim,ligeira, ao sabor do teclado e derrapei na semântica ...

    Saudações

    ResponderEliminar
  6. A 'derrapagem' de quem assim reflecte é 'pro-didáctica' - origina a reflexão.

    Obrigado pelo seu cuidado

    ResponderEliminar

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue