domingo, 27 de setembro de 2009


 
_____________________________________


Depois das 7


as montras são mais íntimas







A vergonha de não comprar

não existe

e a tristeza de não ter

é só nossa







E a luz torna mais belo

e mais útil

cada objecto







ANTÓNIO REIS
Poemas Quotidianos, Porto [1957]



_______________________________


Fotografia  por Maria Avelino



____________________________________________________________

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado