domingo, 28 de dezembro de 2008

Música eterna











Rumor obscuro da chuva
Idêntico e antigo
Acalentando a noite
Dança de folhas despercebidas
Mata em sussurro
Claro ritmo das chamas
Alegrando as lareiras.

Helena Kolody (1912 - 2004)







Amo esta pequena escultura em terracota. Prenda de Natal de amigos longínquos ... acompanha-me há anos.




___________________________________________

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado