terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Improvisos atonais


Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL354476-7085,00.html



" Minha vida não estava em risco, mas quase fiquei asfixiado com a fumaça que me entrava pelo nariz e os olhos", explicou o artista. "Toquei até o piano parar de fazer sons. Travei com ele uma batalha de vida e morte ”.

Yosuke Yamashita


O pianista, de 66 anos, ofereceu numa praia de Ishikawa, no Leste do Japão, um concerto incomum para um público atônito de quinhentos espectadores. Deitou fogo a um piano que não usava e, ao pôr-do-sol, começou a tocar até que as chamas consumissem completamente, as cordas do instrumento.

Yamashita reeditou uma idéia ousada, o “piano em chamas”, para chamar a atenção para o Museu de Arte Contemporânea Japonês. A "paixão ardente" de Yamashita incendiou a plateia.



________________________ INSTANTES . CONSONANTES (Digo.eu)

Muntadar al-Zaidi lançou, no Domingo, os dois sapatos em direcção a George W. Bush. Num arremesso atonal _____________________________________________incendiou o mundo . Associação LIVRE de ideias ...





iv





Panja - Yosuke Yamashita

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado