quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Ultima hora





__________________________________________________________



Viajo. aterrada pelas notícias que ensombram Agosto ... que quebram o descanso. que inquietam.

espreito os jornais.

inquieto-me ... as notícias correm. graves. agudas. difusas.


A eterna crise. as medalhas olímpicas que nos fogem. a falta de apoio aos atletas. o choro do Gustavo Lima traído pelo vento ...
o desânimo que nos cerca. um imenso nada que invade tudo ...
os 151 mortos no acidente de aviação em Madrid. e de novo a crise ...
o endividamento das famílias. a falta de rumo. os rumos incertos.

Mas a visão apocalíptica à porta de casa suplanta todas as notícias ! Vive-se. estranha-se ...

Faz doer e dói ainda mais, quando é mesmo à porta de casa. quando o confronto com a dura realidade tem um nome. uma rua. quando se abate sob o nosso céu. quando conhecemos as pessoas. quando a vítima era alguém que conhecíamos dali ... quando se trata de um rosto familiar que hoje, em pleno dia, tombou baleado na cabeça, assim, aparentemente, sem mais nem menos ... quando a pequena loja se chama Joias Bocage e, tal como o nome, lembra um bordado antigo.
tudo tão estranho ... tão insólito. tão inquietante.



Ás 11 da manhã, num dos dias mais de radiosos de Agosto, em poucos minutos instala-se o pânico. tudo tão perto ... tão estranhamente próximo. o coração da cidade está ferido. pressinto-o ofegante. ainda sem saber porquê aquieto-me ... inquieta.

Venho a sair de um banco. dirijo-me para o carro e, de repente, fico cercada. polícia. INEM. pessoas atónitas. perguntas. respostas. múltiplos sentidos. tudo sem sentido. estórias. conjecturas. sirenes. tudo parado. a razão cai pique sob o sol escaldante do meio dia ... em plena cidade. alguém, num ápice, perdeu a vida por nada.
é o eclipse total da razão.
______________

notícia de última hora, na próxima 6ª Feira, O Setubalense esgotará a edição !

_______________________________________________
_______________________________________________________
______________________________________________________________
______________________________________________________________________

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado