segunda-feira, 30 de abril de 2007

voos rasantes ...


sabiam-se de sal e ossos intactos vários dentro de muros desenhados a lábios e a tempos invisíveis. eram muitos e outros a cada encontro. aves selvagens cedendo ao impulso das sílabas como ossos.
________________________________________

isabel mendes ferreira AQUI








____________________________________________________________________

In (por Bandida )



Eu contribuo com
Bill T. Jones - As I Was Saying....
my way


Pintura Nicolae Maniu (Roménia)
in Gi AQUI
_________________________________________________________________

Pois logo a mim, tão cheia de garras e sonhos, coubera arrancar de seu coração a flecha farpada. De chofre explicava-se para que eu nascera com mão dura, e para que eu nascera sem nojo da dor. Para que te servem essas unhas longas? Para te arranhar de morte e para arrancar os teus espinhos mortais, responde o lobo do homem. Para que te serve essa cruel boca de fome? Para te morder e para soprar a fim de que eu não te doa demais, meu amor, já que tenho que te doer, eu sou o lobo inevitável pois a vida me foi dada. Para que te servem essas mãos que ardem e prendem? Para ficarmos de mãos dadas, pois preciso tanto, tanto, tanto - uivaram os lobos e olharam intimidados as próprias garras antes de se aconchegarem um no outro para amar e dormir.

Lobo inevitável
Clarice Lispector
Trecho do conto 'Os desastres de Sofia'
in "Felicidade Clandestina"

Quem foi que à tua pele ...


conferiu esse papel de mais que tua pele ser pele da minha pele

(o autor deste sublime poema é D M-F - decifrável ? Indecifrável ... )



Fotografia de Stanko Abadžic
in blue

domingo, 29 de abril de 2007


__________________________________________________________________
A(deus) a Mstislav Rostropovitch

"Ama o próximo como a ti mesmo. É um grande risco. Eu, por exemplo, detesto-me. "


Vergílio Ferreira

_____________________________________________________________________

Em Portugal, não há mulheres ciganas na Universidade ! Porquê ?


Tarde Intercultural no Museu do Trabalho
A condição das mulheres portuguesas de etnia cigana, em debate ...
Olga Mariano (AMUCIP) e Mirna Montenegro
__________________________________________________________________

sábado, 28 de abril de 2007




______________________________________________________________________
Projecto Internacional
"Aprendizagem democrática ao longo da vida "
Alemanha, França, Grécia, Portugal
_______________

sexta-feira, 27 de abril de 2007


Nada direi sobre a origem destas "mãos que falam".
Sei que quem as enviou reconhecerá, em silêncio, o meu reconhecimento . . .

http://www.elcultural.es/default.asp



Fotografia: Sergio Enríquez

A partir de 28 de Abril e até 1 de Julho (durante os fins-de-semana), vai ser possível visitar a nova e muito esperada ampliação do Museu do prado realizada po Rafael Moneo.

_________________________________________________________________
Miguel Zugaza revela o futuro do novo Museu do Prado


" Plumas " in http://coraodepapel.blogspot.com/
___________________________________________________________________________

O valor do vento


Está hoje um dia de vento e eu gosto do vento
O vento tem entrado nos meus versos de todas as maneiras e
só entram nos meus versos as coisas de que gosto
O vento das árvores o vento dos cabelos
o vento do inverno o vento do verão
O vento é o melhor veículo que conheço
Só ele traz o perfume das flores só ele traz
a música que jaz à beira-mar em agosto
Mas só hoje soube o verdadeiro valor do vento
O vento actualmente vale oitenta escudos
Partiu-se o vidro grande da janela do meu quarto
_________________________________________________
Ruy Belo

Gosto tanto ...


Nocturno em Macau

__________________________________________________________________
____________________________________________________________________
«Porque construída sobre um poço de águas ácidas, a casa-das-professoras de Santa Fé, os gatos a rondarem-na nas noites de cio. As mesmas noites em que Ester, a única ali não chinesa, encontra o seu conforto na contemplação da carta de Lu Si-Yuan, carta que aliás nunca chegará a ler: «(...) ia desenrolando a folha de papel de arroz, ia-a estendendo na mesa dos livros, aspirava-lhe o perfume. A ressaltar do fundo branco, os ideogramas a tinta-nanquim como um baixo-relevo - linhas regulares, a prumo, linhas deitadas e paralelas em pauta de música, e arcos, e ângulos, e asas. Uma arquitectura. Um templo de nove pisos e nove vezes nove empenas a perscrutar os ares. Um bosque de bambus depois das chuvas»». Este belo romance que mereceu o Prémio Eça de Queirós situa-se na Cidade do Santo Nome de Deus de Macau nos anos sessenta, na casa-das-professoras de um colégio de meninas."

quinta-feira, 26 de abril de 2007

Uma estória de " entendimentos " ...


José María Heredia Torres "Josele" - Cantaor Niño Josele - Guitarra Antonio "El Rilete" - Palmero...flamenco Nino Josele El Rilete Taranta

_______________________________________________

Do filme “Los Almendros-Plaza Nueva” (2000), direção de Alvaro Alonso Gómez

VER AQUI Filmes Premiados 2001


ETNIAS ... O caso dos CIGANOS em Portugal


Exercício : ler, reler, tornar a ler ... respirar, decorar, recitar sem parar

Ninguém nos pode privar da alegria do primeiro momento de consciência, ou seja, da descoberta. Mas, se reclamamos as respectivas honras, a alegria corre grave risco de se desfazer. Porque na maior parte dos casos não somos os primeiros. O que é a descoberta? E quem pode dizer que descobriu isto ou aquilo? Que grande loucura é afinal alardear prioridades nesta matéria. Porque não querer confessar abertamente o plágio é arrogância e inconsciência. Há dois sentimentos que são os mais difíceis de ultrapassar: o que resulta de descobrir uma coisa que já foi descoberta e o que decorre de se não ver descoberto aquilo que se devia ter descoberto.

Johann Wolfgang von Goethe, in "Máximas e Reflexões"

quarta-feira, 25 de abril de 2007

Exposição polémica


in Folha

Uma exposição vai causar rebuliço em São Paulo, a partir desta sexta-feira (27), até o dia 23 de junho, na Galeria Oeste (r. Mateus Grou, 618, Pinheiros). Chama-se "Alegorias Bíblicas".
A mostra do fotógrafo Gal Oppido faz leituras de passagens e personagens bíblicos.
Numa das imagens, um homem representando Jesus Cristo é mostrado em nu frontal.

Leia o que já foi publicado sobre Gal Oppido

Haja memória !

A este propósito, encontrei Salazarices cuja leitura recomendo ...

Fogo de festa

Obrigada Ana Bonito ... (o prometido é devido !)
in http://velharias-traquitanas2.blogspot.com/

veio a nomeação para o " Caderno de campo " do Arion . Obrigada ARION ! Dos tantos em que me "perco" nomeio :
___________________________________________________________________
Piano (ArteBlog IMF)
in Arion AQUI
Revolução

Como casa limpa
Como chão varrido
Como porta aberta
como puro inícío
Como tempo novo
Sem mancha nem vício
Como a voz do mar
Interior de um povo
__________________________________________________________________
Como página em branco
Onde o poema emerge
Como arquitectura
Do homem que ergue
Sua habitação


Sophia de Mello Breyner

Doutoramento em Museologia






Programa


1.º Ano
Unidades curriculares
ECTS
Sociologia da Cultura
10
A Função Social do Museu
10
Políticas Culturais Europeias e Museologias
10
Museologia e Educação
10
Museologia e Comunicação
10
Museologia e Género
10


2.º Ano
Unidades curriculares
ECTS
Seminário de Investigação
15
Museologia - Grau de doutor
Unidades curriculares
ECTS


Tese *
105

* A desenvolver do 3.º ao 6.º semestre.

Escritas Mutantes é um sítio pertencente a Luís Filipe Teixeira, professor catedrático da Universidade Lusófona (ULHT) e director do Departamento de Ciências da Comunicação Artes e Tecnologias da Informação daquela universidade, "projecto pessoal de investigação, de âmbito filosófico, cultural e comunicacional, que «cuida de» (que, etimologicamente, a Cultura é) disponibilizar elementos de reflexão sobre a nossa Contemporaneidade

in industrias-culturais

___________________________________

segunda-feira, 23 de abril de 2007


museu da revolução, Maputo, 2003
____________________________________________________________________________________


(jornalista) - A sua vida está a melhorar?
(camponês)- Está a melhorar, está a melhorar. Mas está a melhorar muito mal.
________________________________
in Vou para casa ... (blog JF)

O sexo das palavras (que não são anjos ! )


Ilustrações de Bretécher Claire

Estou a ler este livro ...

http://www.amazon.fr/Mots-Femmes-Marina-Yaguello/dp/2228895741

Este fantástico texto de Marina Yaguello , linguísta, autora de numerosas obras, como "Alice no país da liguagem" e "O sexo das palavras"

Nas suas obras Marina Yaguello, demonstra o sentido acutilante das palavras usadas pelos homens e pelas mulheres, as semióticas de género expressas nas mais "subtis" nomeações, as conotações, as denotações ... as palavras como produto cultural, socialmente determinado.

Marina Yaguello questiona :

Como falam as mulheres ?

Como se fala delas ?

Como é que elas se falam de si próprias ?

Os homens e as mulheres falam a mesma linguagem ?

Qual o papel da metáfora sexual nas conotações depreciativas ?

Enfim ... as palavras não são inócuas ! Já o sabíamos mas este livro vem demonstrá-lo. Nada na linguagem é " natural ", tudo é construído, tudo é cultural. Tudo tem uma história e um sentido.

__________________________________________________________________

E ... a propósito de livros e de leituras ouça e inteire-se do estado da arte no

"Dia Mundial do Livro"

FÓRUM TSF http://www.tsf.pt/online/radio/index.asp?id_artigo=TSF179711&pagina=Interior

Os portugueses estão a ler cada vez mais. As mulheres lêem mais livros do que os homens e as taxas de leitura mais elevadas registam-se nas zonas do Grande Portro e Grande Lisboa. Neste Dia Mundial do Livro, convidamos os ouvintes a fazerem algumas sugestões de leitura. No Fórum TSF, queremos ouvir o seu testemunho: O que anda a ler e que livros vale a pena ler ou reler?
( 09:28 23 de Abril 07 )
Para participar no fórum pode inscrever-se através do número de telefone 808 202 173.

Oui


Entre 1992 e 1993 é ministra do Ambiente no Governo de Pierre Bérégovoy, mas é de 1997 a 2002 que reforça verdadeiramente a sua experiência ministerial - como ministra delegada do Ensino e mais tarde da Família e da Infância e das Pessoas com Deficiência. Desde 2004, é presidente da região de Poitou-Charentes, tornando-se na primeira mulher eleita para gerir uma das 22 regiões de França.
___________________________________________________
J´espère ...

domingo, 22 de abril de 2007


____________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
POLÉMICA !
O Blogville remete para o De Rerum Natura, aqui. Aconselho a ler para que nos permitamos pôr em causa algumas certezas que construímos. É que o aquecimento global não é um dado tão unânime como nos querem fazer crer. Para reflectir e estar atento...

publicado por Vague (um blog amigo)

Imagine ...


______________________
_________________________________________________________________________________________________

Imagine there's no heaven
It's easy if you try
No hell below us
Above us only sky
Imagine all the people
Living for today...
_____________
Imagine there's no countries
It isn't hard to do
Nothing to kill or die for
And no religion too
Imagine all the people
Living life in peace...
_____________________
You may say I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope someday you'll join us
And the world will be as one
__________________
Imagine no possessions
I wonder if you can
No need for greed or hunger
A brotherhood of man
Imagine all the people
Sharing all the world...
_________________
You may say I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope someday you'll join us
And the world will live as one

Um só dia ... para uma TERRA em perigo ? Hoje é o dia da TERRA !


A propósito de patrimónios e culinárias ... o ARROZ é um prodígio !


Fundação Eça de Queiroz

____________________________________________________________________
Arroz de Favas

"E pousou sobre a mesa uma travessa a transbordar de arroz com favas. Que desconsolo! Jacinto, em Paris, sempre abominara favas! ... Tentou todavia uma garfada tímida — e de novo aqueles seus olhos, que pessimismo enevoara, luziram, procurando os meus. Outra larga garfada, concentrada, com uma lentidão de frade que se regala. Depois um brado: - óptimo!... Ah, destas favas, sim! Oh que fava! Que delícia! "


Eça de Queiroz
in A Cidade e as Serras
____________________________________________________________________
Hoje apetecia-me ...
E porque não ?! Um ARROZ de favas, pois então ! ...
ARROZ * ARROZ * ARROZ *ARROZ
Carolino (que viajou da Carolina do Sul ... )
Pilaf (tradicional "arroz branco" tão português)
Risoto italiano (al dente, com isto e com aquilo ... funchi, etc)
Sushi japonês (tão na moda !)
Selvagem (planta canadiana que, afinal, não é arroz !)
Asiático
___________________________________________________________________
Enfim ...
Na rota do ARROZ ...
Curiosidade : os portugueses são os europeus que mais consomem arroz (média de 20k por pessoa / ano, contra 4kg, por pessoa nos restantes países europeus. A Ásia bate, naturalmente, todos os records com uma média anual de consumo per capita de 200kg)
______________________________________________________________________
Fonte : José Bento dos Santos - vice-presidente da Academia Internacional de Gastronomia em "O Sentido do Gosto" RTP1


___________________________________________
Já agora ... falando de museus, da patrimonialização do trabalho e das duras memórias associadas á cultura do arroz nos campos alagados, ao Sul de Portugal, informo que a historiadora e museóloga Ana Duarte tem vindo a pesquisar esta temática, aplicando-se em longas horas de trabalho de campo e no exaustivo inventário do imenso acervo material associado, com vista á realização do programa museológico do futuro " Museu do Arroz - Herdade da Comporta " - Concelho de Alcácer do Sal, com abertura anunciada para breve.
___________________________________________________________________

A este propósito http://www.fcsh.unl.pt/escoladeverao/index_ficheiros/Page3616.htm




Nostalgia ...



Entre amigos e memórias, numa velha Chansonette em Montparnasse, com Jacques Brel - Les bourgeois em fundo

Novo Portal sobre Patrimónios, Culturas, Museus e desenvolvimento...


Tamara De Lempicka

Auto-retrato no Bugatti Verde, 1925, óleo sobre madeira. Colecção privada.
________________________________________________________________

sábado, 21 de abril de 2007

Tragico ... belo ... imenso ... suplicante ... no limite !


_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
Em sintonia com Muss es sein? Es muss sein! . . .
" o mundo adia-se em bombas " IMF Puro Instinto

Um argumento que espera por si ...


___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
O argumento do filme " La Lys " está neste momento a acabar de ser escrito. A rodagem está já marcada para Novembro de 2007. Sete personagens, sete histórias perdidas numa história de guerra da nossa história.
Soldado desconhecido? Só se você quiser...
"La Lys" um filme de Frederico Corado
___________________________________________________________________

quinta-feira, 19 de abril de 2007

Hoje, em destaque ...

Brevemente online
___________________________________________________________________
Edição Universidade Lusófona, Centro de Estudos de Sociomuseologia
FCT . Fundação para a Ciência e Tecnologia



De:
Amnistia Internacional
quarta-feira, 18 de Abril de 2007 18:13:26
Para:
isabelvictor150@hotmail.com
Assunto:
Libertad de expresion

El 3 de mayo, con motivo del Día Internacional de la Libertad de Prensa, recordamos que hay muchas personas que no gozan de libertad de expresión en sus países. Por eso... exprésate! ponte nuestras camisetas y di a todo el mundo que estás a favor de la libertad de expresión.

________________________________________________________

http://www.controlarms.org/es/actua_ya/compra_camisetas.htm

Sempre ...








____________________________________________
Ecomuseu do Val de Bièvre
_____________________________________
Um exemplo de museu de comunidade
que tem o território como palco e as pessoas como príncipio e fim da acção museológica
________________________________________
Alexandre Delarge _ director (MINOM)

Seguidores

Povo que canta não pode morrer...

Beirute.Nantes

Loading...

Arquivo do blogue

Pesquisar neste blogue

Acerca de mim

A minha foto

"A coisa mais fina do mundo é o sentimento. " (Ensinamento) Adélia Prado